(69) 3535-4430
contato@dinamicoweb.com.br

Notícia

Importância da alimentação saudável na infância

Todo mundo sabe, que a alimentação saudável é importante desde cedo, pois ela é fundamental para manter uma boa qualidade de vida e prevenir infecções e doenças na vida adulta. Por esse motivo, a alimentação saudável na infância é muito importante para o crescimento e desenvolvimento de crianças nos primeiros anos de vida. Sendo assim, é fundamental que os pais contribuem para a educação alimentar de seus filhos.

Para conhecer um pouco mais sobre a importância da alimentação infantil, confira a seguir mais informações sobre esse assunto.

 

 

alimentacao-saudavel-na-infancia2

Alimentação ideal para crianças

Manter uma alimentação saudável nessa fase da vida, é garantia de um desenvolvimento físico e intelectual mais saudável. Por isso, consumir os alimentos certos nessa fase é possível prevenir uma série de problemas comuns da infância como a desnutrição, anemia, obesidade, entre muitos outros.

Crianças de todas as idades precisam consumir diversos tipos de alimentos para terem uma boa qualidade de vida, mas principalmente alimentos ricos em proteínas e cálcio, já que ajudam no crescimento saudável. Alguns dos alimentos ricos em proteínas e cálcio que são essenciais na alimentação infantil são: Carnes, peixes, ovos, feijão, açaí, leite, queijo, manteiga, sardinha, espinafre, entre outros.

Mas, além do consumo de proteínas e cálcio, toda criança precisa comer vários tipos de frutas todos os dias. Isso porque elas são essenciais para uma alimentação saudável na infância, pois contêm muita água, fibras, vitaminas, sais minerais, frutose, carboidratos, gorduras e proteínas.

Além de fornecer uma série de substâncias importantes para o organismo das crianças, as frutas ainda possuem poucas calorias, são facilmente digeridas e proporcionam maior saciedade. Além disso, o consumo diário de frutas reduz as chances de doenças crônicas na infância e reforça o sistema imunológico. Também há evidências de que o consumo regular de frutas diminui o risco de diabetes e obesidade.

A seguir, confira algumas dicas para o seu filho ter uma alimentação saudável.

 

alimentacao-saudavel-na-infancia3

Dicas de alimentação saudável na infância

Crianças são mais fáceis de se acostumar com uma reeducação alimentar que os adolescentes. Uma boa dica para convencer a criança a consumir alimentos saudáveis, é começando com uma boa conversa. Por exemplo, você pode explicar que os alimentos verdinhos ou coloridos podem fazer com que ela fique mais forte.

Outra dica para fazer as crianças terem uma alimentação saudável, é convidá-las para acompanhar as compras de supermercado, e nesse momento ensiná-las a escolher os vegetais e frutas. Depois disso, também vale envolvê-las também no preparo. Além disso, também funciona muito fazer apresentações de diferentes tipos de alimentos montando bichinhos com pedaços de frutas ou vegetais.

Para ajudar a melhorar a alimentação infantil, uma dica que pode funcionar é combinar com a criança que ela irá experimentar um alimento novo por semana. Mas, não precisa ser todos os dias, já que é preciso ir com calma para não pressionar a criança.

Muitas vezes, as crianças não querem comer o que está na mesa, mas se isso acontecer espere até a próxima refeição para oferece algo para comer. Muitas crianças não aceitam algum tipo de alimento por saber que os pais oferecerão uma mamadeira, ou qualquer outro alimento, por ansiedade ou medo de que ela fique com fome.

Outra dica essencial para uma alimentação infantil saudável, é limitar o consumo de doces e alimentos gordurosos a uma vez por semana. Essa atitude é fundamental para mostrar para a criança que esses alimentos não devem ser prioridades na sua alimentação.

No entanto, não é preciso retirar os alimentos do cardápio da criança radicalmente. A melhor estratégia é substituir o nuget, por exemplo, por peito de frango em alguma refeição. Depois disso, comece a aumentar as substituições gradativamente. Dessa forma, é possível fazer a criança se acostumar com os novos hábitos da alimentação.

alimentacao-saudavel-na-infancia4

 

E a papinha do baby?

Muita gente tem dúvida sobre como preparar a famosa papinha do baby e saber o que pode e o que não pode ser colocado e oferecido a este pequeno e maravilhoso ser que depende tanto de nós.

Antes de tudo, você deve sempre consultar o pediatra e seguir suas orientações quanto a alimentação e sempre conversar com este profissional falando de como anda o desenvolvimento do pequeno e buscar a troca de experiência com o médico.

Vale também ressaltar que a troca de experiência com gente experiente ajuda muito (se possível trocar umas idéias com sua mãe e avós ajuda muito! Te falo isto por experiência própria!)

Precisamos considerar que antes de tudo, nos primeiros meses de vida, é importante que a criança se alimente o máximo possível do leite materno. Segundo alguns especialistas, somente depois do terceiro mês de vida, que deveriamos incluir outros alimentos no cardápio, mas respeitando a dieta balanceada 80/20, onde 80% de leite materno e somente 20% de outros alimentos.

baby-meals

É consenso que deve-se usar frutas e legumes e amassar bem para que o alimento vire uma pasta bem cremosa.

No caso de frutas, o velho e bom mamão e banana ajudam muito e a maiora das crianças adoram! E lembre-se: evite o açucar pois este dá muita cólica nas crianças!

Quanto aos legumes, a recomendação é sempre cozinhar bem e amassar enquanto está quente. Mandioquinha e batata são ótimas pedidas, mas a recomendação é que este prato deve ser servido somente após o terceiro mês.

Na minha experiência de pai, junto com minha esposa com todos nossos filhos (temos 3) sempre fazíamos pequenas porções da papinha e íamos dando pequenas doses e vendo como a criança reagia. Se gostava ou não, ou ainda se havia algum efeito em seu intestino.